Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Marcas

As informações  seguir foram obtidas no Manual de Marcas do INPI disponível no site do INPI.

Marca

O Art. 122 da Lei de Propriedade Industrial (LPI), Lei Nº 9.279, de 14 de maio de 1996, define como marca:

"os sinais distintivos visualmente perceptíveis, não compreendidos nas proibições legais".

Marca é um sinal distintivo que identifica a origem e distingui produtos ou serviços.

As marcas podem ser:

  • 1. de produto ou serviço - usada para distinguir produto ou serviço de outros idênticos, semelhantes ou afins, de origem diversa;
  • 2. coletiva - indica ao consumidor que um produto ou serviço provém de membros de uma determinada entidade e
  • 3. de certificação - informa ao público que o produto ou serviço distinguido pela marca está de acordo com normas ou padrões técnicos específico.

 

Registro de Marcas

Na Unifesspa o pedido de registro de marca é feito pela Divisão de Inovação Tecnológica (DITEC) da Pró-reitoria de Pós-graduação, Pesquisa e Inovação Tecnológica (Propit), no papel de Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT).

O criador deve solicitar atendimento pelo FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE ATENDIMENTO que deve ser enviado por memorando eletrônico, via SIPAC, à Divisão de Inovação Tecnológica, vamos agendar o atendimento e instruir o processo para o registro.

A Unifesspa fará o pedido de registo de marca junto ao INPI com:

  • (a.) Pagamento da taxa de depósito;
  • (b.) Documentos requeridos a serem anexados ao pedido.
  • (c.) Peticionamento eletrônico para registro de programa de marcas através do sistema e-Marcas.

 

Titularidade

Titular é quem possui os Direitos Patrimoniais.

Em atividades desenvolvidas com capital intelectual e recursos (humanos e ou materiais) da Unifesspa a titularidade da propriedade intelectual resultante é da Unifesspa, portanto patrimônio público, salvo na existência de ajuste em contrário onde serão estabelecidos os direitos sobre a propriedades intelectual e direitos patrimoniais de cada uma das partes, respeitadas a legislação vigente.

A guarda e manutenção da integridade da documentação serão feitas pelo titular de direito.

 

 

Fim do conteúdo da página